Minha lista de blogs

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Novidades
























Oieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
Como vai meu povo amado??

Estamos passando por um período muito difícil no spa, e por isso deixei de postar por um tempo.
Como estávamos sofrendo muito, deixei para postar quando as coisas melhorassem um pouco para eu poder ver a situação de fora
Em geral estou bem agora. Estou conseguindo manter uma indiferença que é muito necessária para não misturar sentimentos e relação profissional.
Nomeada "sem coração", "sem sentimentos", etc. minha manager tem assustado todos do spa. Essa semana uma 3ª pessoa vai embora do spa por causa dela, e já tem uma fila dos que vão logo. Não me coloquei nessa fila porque acho que sou capaz de ser forte quanto a isso, só não sei se vou querer ser capaz. Ficou muito confuso?
O complicado é que a cada semana, dia, hora e minuto da vida no navio, a cabeça e os nossos sentimentos mudam. Em uma hora estou agradecendo a Deus por ter tido essa oportunidade única de estar num navio lindo, na europa, trabalhando com o que eu sempre quis, falando várias línguas e conhecendo gente do mundo inteiro. Na outra hora imagino a cena do meu reencontro com todos do Brasil, que estou sentindo tanta falta. Quando vou poder dormir até a hora que quiser, quando eu puder passear sem olhar o relógio a cada 30 minutos. Quanto eu vou poder ser livre pra fazer o que quiser e do jeito que eu quiser, sem receber ameaças de caso não fizer tudo com perfeição.

A minha manager é romena. Não sei se por isso, ela é capaz de falar a pior coisa do mundo com naturalidade. Essa semana ela já falou a duas colegas minhas que é pra elas decidirem quando vão embora, porque não têm professionalismo e respeito ao trabalho. Minha melhor amiga é uma delas. Vejo no mínimo uma pessoa chorando por dia.
Se atrasamos um minuto na reunião com todos do spa, que acontece quase todo dia e não é contado como hora do trabalho, ela proibe de entrar e ainda dá um papel que é punição, e se acumulamos 3 somos mandados embora.
São coisas mínimas, mínimas mesmo, que pode virar o fim da sua carreira com a Steiner.
Atenção, falo particularmente da minha manager. O meu ex manager, o Tino, era completamente diferente.

Por outro lado, o lado que tento sempre olhar, estamos falando da melhor terapeuta de "Ionithermie" de várias companhias de navio que trabalhou, reconhecida por todos. Essa frieza que tanto reclamamos é exatamente o ponto dela que nos faz crescer a cada dia. Que nos faz chegar perto da perfeição, se é que isso existe. Todos, todos mesmo, tem muito o que aprender. Cabe a nós levar cada "bronca" como lição e um degrau a ser subido na profissão, ou chorar, reclamar e falar que não aguenta mais e que quer ir embora.
Ela segue cada regra da Steiner e Costa 100%, sem espaço pra erros. E ela realmente distribui "warnings", essa tal de punição.
Logo que eu cheguei no navio, tinha facilidade pra vender. Depois que o Tino foi embora, eu comecei a decrescer de um jeito que estou ficando pior que quase todos. Por que? Descobri que quanto mais eu sei, mais as coisas ficam confusas na minha cabeça, e mais dificil fica me comunicar e explicar para o cliente como cada produto age no corpo, de uma forma simples.
Outro dia ela e eu fizemos uma simulação de consulta e venda na minha sala. Eu terapeuta, ela cliente. Para ver o que eu estava fazendo errado. Ela me deu vários conselhos.
A minha primeira cliente depois desse treinamento comprou 450 euros em produtos. Vêem?
Essa manager é completamente útil na nossa vida.
Agora imaginem, temos umas 6 filipinas no spa, que estão lá não por experiência, não para aprender idiomas, mas sim porque tem família, filhos a sustentar e educar. Elas não tem outra alternativa. Dia a dia elas sofrem por não conseguir se comunicar com absolutamente nenhum cliente por barreira linguística, e tem essa pressão por vender. Se eu estou com dificuldade de vender falando bem francês e um pouco italiano, imaginem elas que falam 0 dessas línguas.
Agora imaginem uma manager que toda reunião, 5 vezes por semana no mínimo, nos ameaça se não fizemos no mínimo 35% do nosso total do dia e semana só de vendas de produtos.
Isso é uma pressão de verdade.
Mas acredito que cada um passa por o que merece. Colocando numa balança, isso ainda vale a pena para elas.

Estou sendo muito complicada, óbvio que estou muito confusa quanto a tudo isso. Desculpem se não deixei nada claro.
A questão é, tudo, mas tudo na vida, depende dos olhos que você vê. Se algo está errado em nossa vida e não estamos feliz pode ser porque: vemos tudo da forma que queremos, vemos defeito em tudo; ou, vemos que as coisas estão erradas e insatisfatórios e esperamos que algo vá cair do céu, não fazemos nada a respeito.
Estou procurando uma frase do Gandhi para traduzir tudo que estou querendo dizer, mas não encontro. Assim que a encontrar posto aqui.

Deixo com vocês umas fotos que fizemos em Palermo e em Palma de Mallorca. O menino que aparece na foto é o cantor latino do navio. Tão fofo que ganhou o prêmio de pessoa mais simpática e sorridente do navio, elegido pelos próprios tripulantes.
Enjoy.
Beijo no coração de todos, fiquem bem e mandem notícias, por mais que eu suma.

2 comentários:

  1. adorei o seu blog!

    Gostaria de fazer uma parceria, troca de links.

    O link do seu blog estará no meu blog, no canto direito em “Blogs de Marujos” onde aparecem os últimos blogs atualizados.

    Você também pode colocar esse gadget no seu blog vá em:
    Disgn > adicionar um gadget > lista de blogs.
    Coloque as URL dos blogs que você sugere

    www.trabalhoemnavio.blogspot.com

    Vou deixar meus contatos para trocarmos informações dessa vida de marinheiro, um grande abraço! Sucesso!
    seila.scherma@gmail.com
    perfil Orkut -http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=4631251847594651167&rl=t
    comunidade Orkut - http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99806916
    MSN - zupinha@hotmail.com

    ResponderExcluir